fbpx

O que é um guia de identidade verbal?

Quem trabalha com redação e atende mais de uma empresa ao mesmo tempo, sabe o quanto pode ser desafiador escrever conteúdos para diferentes nichos e alinhar a linguagem para cada necessidade. 

Sendo assim, ter um GUIA de identidade verbal que oriente a equipe de redatores, freelancers e social media é muito importante para a empresa que deseja manter uma constância e coerência na forma de se comunicar. 

Sabemos também que o branding vai além dos componentes visuais e que a parte textual é muito importante para a construção da personalidade de uma marca

Quer garantir que toda a sua comunicação tenha uma unidade, mesmo quando for feita por pessoas diferentes? Neste post, damos algumas dicas de como construir um GUIA DE IDENTIDADE VERBAL.

O que é Identidade Verbal?

A Identidade Verbal é a responsável por colocar “ordem na casa” e definir como uma marca deverá usar as palavras para reforçar seu posicionamento. Ela será composta pelas mensagens, os principais temas da comunicação, pelo tom de voz, pelo estilo de escrita e pela definição de hashtags.

A identidade verbal serve para reforçar a essência da marca, criar identificação com o público e assegurar a coerência na comunicação. 

Embora a identidade verbal seja um guia, ela não deve ser um fator limitante para a criatividade. A escrita pode ser usada de diferentes formas, sem mudar a VOZ da marca, que é parte de sua personalidade.

Manual de Redação e Estilo é diferente de Identidade Verbal

Enquanto o primeiro é um conjunto de regras gramaticais e textos pré-formatados, o segundo é um guia estratégico de comunicação. E ambos são importantes para orientar os profissionais envolvidos com a produção de conteúdo e redação de uma empresa.

Defina sua persona

Antes de qualquer coisa, você precisa saber PARA QUEM a sua comunicação será feita. Defina com quem você quer falar. Antigamente as empresas definiam seu público-alvo apenas com segmentação demográfica, informações rasas e dados abrangentes. Hoje em dia é necessário ir além dos dados genéricos e aprofundar sobre os hábitos de consumo, motivações e “dores” do cliente ideal.

Defina o TOM e a VOZ

A voz é imutável e faz parte da personalidade da marca. Já o tom de voz é a forma como falamos e pode variar de acordo com as circunstâncias. 

Uma empresa de plano de saúde, por exemplo, pode ter uma voz “segura” e acolhedora. Já o tom de voz, dessa mesma empresa, pode variar de acordo com a mensagem que deseja passar. Pode ter um tom de voz próximo nas redes sociais, em alguns momentos ter um tom otimista ao falar do futuro e ser emotiva ao fazer uma campanha publicitária, por exemplo.

Hashtags

Hashtag: termo referente a assuntos que se deseja indexar em redes sociais, inserindo o símbolo da cerquilha (#) antes da palavra ou expressão. Quando a combinação é publicada, transforma-se em um hiperlink que leva para uma página com outros posts de mesmo tema.

Instruções de como colocar as hashtags corretamente podem parecer óbvias demais, mas é importante que a empresa defina quais irão ajudar as pessoas a encontrar a página da empresa mais facilmente.

Usar uma hashtag específica para alguma ação de marketing ou para um evento, pode ser uma boa maneira de engajar os seus seguidores e reforçar algum atributo da marca.

No Comments

Post A Comment